28 outubro 2012

Marzocco, um dos símbolos de Florença



Em Florença podemos ver decoração com leões por toda parte, principalmente na Piazza della Signoria.  O leão era o símbolo de força, poder e prestigio para a República Florentina.





A tradição do animal totêmico nas cidades italianas da Idade Média era muito forte, especialmente no norte e centro do país.  

Marzocco é o nome do leão Florentino. Este nome deriva da palavra "Martocus" que quer dizer "pequeno Marte".
Entre outros, Dante mostrou a crença comum de que a cidade de Florença era dedicada a Marte e havia uma estátua do deus romano perto da Ponte Vecchio que foi destruída pela enchente de 1333.

Antigamente, havia uma jaula com aproximadamente 30 leões vivos atrás do Palazzo Vecchio, onde hoje tem a famosa Rua dos Leões - Via dei Leoni. A decisão de manter leões vivos numa jaula foi para homenagear Guglielmo, irmão do Rei da Escócia, Malcom IV, também conhecido como "O Leão".
Tempos depois, a jaula foi transferida para a Piazza San Marco, onde atualmente esta localizada a Universidade de Florença e ali permaneceram até que Pietro Leopoldo di Lorena, em 1777 acabou com a criação de leões em jaula.
A representação mais famosa e importante do Marzocco é, certamente, a de Donatello. Esculpido em pedra (1419 – 1420). 


Marzocco de Donatello

A estátua foi encomendada pela República Florentina durante a visita do Papa Martinho V a cidade. Ela estava destinada a decorar a escadaria dos apartamentos papais na Igreja de Santa Maria Novella. Foi mais tarde transferida para a Piazza della Signoria, onde ficou em frente ao Palazzo Vecchio como um símbolo da própria república. Atualmente se encontra no Museu Bargello para sua preservação e uma cópia a substitui na Piazza.

Original de Donatello no Museu Bargello

Cópia em frente ao Palazzo Vecchio

A estátua representa Marzocco, um leão heráldico descansando uma pata sobre um escudo, neste caso, o brasão de armas de Florença com o lírio florentino. O lírio era um símbolo da cidade desde a Idade Média, o leão era o seu animal totem.

Veja também:

O Duomo de Florença

Loggia dei Lanzi