12 outubro 2011

Trem na Itália


Assim como em toda a Europa, para se locomover dentro da Itália, principalmente entre as cidades turísticas que definitivamente não são poucas, o trem é uma ótima opição. Milhares de trens cobrem, por dia, 16.000 km de trilhos operados pela Trenitalia, a companhia ferroviária italiana. Esses trens conectam desde as grandes cidades aos vilarejos italianos, bem como a Itália com todos os outros países europeus. Uma vasta malha e trens modernos de alta velocidade proporcionam rapidez e conforto.
O sistema de vendas de bilhetes é bem organizado, seja nas estações ou pelo site www.trenitalia.it. Mesmo que você não efetue a compra pela internet, poderá pesquisar valores, percursos e horários. O site padrão se encontra em italiano, então, utilize nomes de cidades em italiano: Venezia (Veneza), Firenze (Florença), Milano (Milão), Torino (Turim), Napoli (Nápoles), Assisi (Assis). Ou então, mude o idioma do site para inglês, e use os nomes das cidades em inglês. Os preços só aparecem para consultas com data de pelo menos 2 dias à frente. 

Algumas passagens possuem a opção “Tarifa amica”. É um tipo de tarifa que atribui cerca de 20% de desconto sobre tarifas de trens de média e longa duração, desde que comprados até meia noite do dia anterior ao dia de partida. Válido para bilhetes de no mínimo € 10 e para número limitado de assentos.


Vocabulários que o ajudarão na compreensão do site:
Ida - “andata” e volta - “ritorno
De onde irá partir -  “Da dove vuoi partire
Onde quer chegar - “Da dove vuoi arrivare



Nas estações você pode obter os bilhetes na própria bilheteria com os vendedores ou dirigindo-se a um dos terminais eletrônicos onde poderá escolher e comprar a sua passagem sozinho.  





Comece escolhendo o idioma, que pode ser o português, depois escolha a cidade para onde deseja ir, o horário, a quantidade de passagens e a forma de pagamento, que pode ser cartão de crédito. Caso você prefira pagar em espécie, preste atenção se a máquina que está utilizando possui troco suficiente para a nota que você está inserindo, caso contrário a máquina devolverá a sua nota e não efetuará a operação. A própria máquina avisará que não tem troco.


Se o bilhete for para trem Regionale, não apresentará o número do trem nem o horário de partida, isso porque ele pode ser utilizado em qualquer horário em até 6 horas depois de convalidado. Mas isso só vale para o Regionale! Os outros tipos de bilhetes, para trens mais caros ou para viagens mais longas, já vêm com horário impresso.

No caso de bilhete para Regionale, quando a maquina exibir essa tela, anote o número e o horário do trem:





Para saber de qual binario (plataforma) seu trem vai partir, procure na estação, por painéis escrito PartenzeNesse cartaz você vai procurar pelo seu trem através do horário e do número dele. O binario é representado por um número no canto direito do cartaz, na mesma linha das informações do trem. 
É muito difícil você conseguir pegar o trem certo se for parar no binário errado, pois os trens ficam poucos minutos no binário.




Partenze
Detalhe do partenze - no canto à direita está o número da plataforma.


Além de olhar no cartaz, observe o quadro eletrônico de partidas, pois pode acontecer do binario mudar. Além disso, preste atenção nos avisos de som e na movimentação das pessoas. 

Outra coisa que você terá que fazer é convalidar seu bilhete antes de entrar no trem e para isso, observe que, geralmente, na entrada de cada plataforma existe um terminal amarelo de convalidação do bilhete. Basta inserir uma das pontas do bilhete alguns minutos antes de embarcar no seu trem. Entretanto, não faça isso com muita antecedência, pois alguns bilhetes tem duração de poucas horas. Se você não tiver feito isso e for pego dentro do trem com um bilhete não convalidado vai pagar uma multa de 50 euros. 




Terminal para convalidar o bilhete de trem.


Agora você já pode se dirigir para a plataforma e embarcar!


Obs.: Teoricamente você pode embarcar sem convalidar ou mesmo sem comprar o bilhete, desde que procure imediatamente o bilheteiro dentro do trem, se justifique e efetue a compra ou a convalidação com ele. Não espere o bilheteiro chegar até você, vá até ele. Mesmo assim, você corre o risco do bilheteiro interpretar que você tentou viajar sem bilhete e quando o viu procurou remediar.


Fazer reservas
Esteja atento para os trens que têm obrigatoriedade de reserva. Se você pretende pegar um trem internacional para ou na Itália (Riviera day, Villa Opicina Jour, Allegro Day, Artesia de Jour,   Cisalpino ou Eurocity), observe que as reservas são muitas vezes obrigatórias. 

Existem várias maneiras de fazer reservas de assentos:

Na estação

Assim que você estiver na Itália, poderá fazer a reserva em um guichê de passagens em uma das principais estações. Você também pode usar uma das muitas máquinas de autoatendimento para evitar filas. Nessas máquinas, você seleciona o trem que quer utilizar e então clica no botão 'Global Pass'. Você pode pagar a tarifa de reserva com dinheiro ou cartão de crédito.


Centro de Reservas


Também é possível fazer uma reserva de assento ou cama através do Centro de Reservas da Deutsche Bahn UK. Nem todos os trens aceitam reservas antecipadas, isso só pode ser determinado caso a caso. É possível entrar em contato com a Central de Reservas Deutsche Bahn UK por e-mail ou telefone.
Há 2 opções para receber suas reservas:

  • Entrega em casa, com uma tarifa de movimentação de cerca de £ 10,00.
  • Retirar sua passagem em qualquer balcão ou máquina de bilhetes na Alemanha. Não há custos adicionais para esta opção.


Tipos de trem na Itália
  • Os trens Eurostar Itália são trens de alta velocidade que conectam as maiores cidades italianas. Para esses trens é obrigatório fazer reservas e é cobrada uma taxa adicional. Este custo adicional inclui uma reserva e, na 1ª classe, um drinque de boas vindas e um lanche. Você pode fazer reservas antes de sua viagem nas principais estações de trem em seu país ou durante sua viagem na maioria das estações ferroviárias internacionais. 
  • Os trens Intercity e Eurocity conectam todos os principais destinos dentro e fora da Itália. No Intercity não é obrigatória a reserva de assento.
  • Os trens regionais e locais ligam as menores cidades e vilarejos, que muitas vezes estão situadas nas regiões mais bonitas e pitorescas da Itália. Não é necessário fazer reservas para esses trens.

Serviços oferecidos nas Estações de Trem


Todas as principais estações italianas têm várias instalações para passageiros, incluindo: carrinhos de mão, armários para bagagem, instalações de câmbio estrangeiro, restaurantes, agências de locação de veículos e reservas de hotéis. É proibido fumar em todos os trens na Itália. No site da Trenitalia você pode ler sobre vários serviços: serviços para passageiros deficientesviajar com animais de estimaçãoviajar com bicicletastransporte de bagagem e transporte de carros e motocicletas.